Tratamento para estrias – Vejam os melhores métodos

Que mulher não quer ter a oportunidade de se livrar das incomodas estrias, Em mulheres a estrais são mais comuns nas coxas, glúteos, abdômen, seios e flancos.

Nos homens é mais comum nas costas, ombros e braços, devido a musculação excessiva, mas independente do local as estrias causam desconforto de homens, e de mulheres que sofrem com elas.

Antes vamos conhecer e entender as causas das estrias.

Causas da estria

A origem das estrias é a partir de pequenos rompimentos das fibras elásticas que sustentam a pele, estes rompimentos esticam a pele e geram cicatrizes, as cicatrizes são as chamadas estrias. Em outras palavras a estria surge sempre que ocorre uma distensão de forma abrupta dos tecidos.

Como mencionada anteriormente a estria surge pelo estiramento da pele, que é causado pelo aumento volume corpóreo em um curto espaço de tempo. O mesmo acontece na gestação, colocação de prótese mamaria (silicone), uso de anabolizantes, aumento de peso e fatores genéticos.

Há dois tipos de estrias as estrias novas e as estrias antigas.

Tipos de tratamentos para estrias

Mas acalme-se, há tratamento para estrias, ou melhor, tratamentos, pois há duas opções os tratamentos caseiros que são usados materiais naturais ou profissionais, elaborados e acompanhados por dermatologistas.

Novas estrias respondem bem aos tratamentos caseiros, mas estrias mais antigas devem ser tratadas por profissionais, devido á grossura e cor branca.

Tratamento para estrias Recente

Esfoliação da pele como tratamento para estrias: a esfoliação é o processo de eliminação das células mortas da pele para a criação de uma nova camada de células. Neste processo pode usar cremes esfoliantes ou se preferir receitas caseiras, misture 1 colher de açúcar a 3 colheres de óleo de amêndoa, estregue a mistura todos os dias nas estrias.

Creme de tratamento para estrias: cremes prescritos por dermatologista com vitaminas A, C, D e E. Efetuam como hidratantes, e renovam toda a camada de pele, eliminando as estrias.

Acido, para o tratamento para estrias: tratamentos compostos pelos ácidos: retinoico, ácido glicólico e ácido l-ascórbico. Utiliza o mesmo processo que a esfoliação, a de renovar as células da pele e recuperação das fibras elásticas.

Tratamento de luz pulsada: é uma tecnologia que emiti luz (mas não é um laser), que auxilia na estimulação das fibras de colágeno, com a utilização do calor.

Lembrando que os tratamentos citados acima são valor especificamente para estrias recentes (vermelhas ou arroxeadas).

Tratamento para estrias antigas

Tratamento para estrias –Peeling:  este tratamento adota o mesmo processo que o de acido, mas com uma concentração maior de acido.

Tratamento de Subcisão: é um processo simples adotado também em tratamentos de celulite, é inserida uma agulha na estria e efetuado movimentos circulares suaves, o objetivo é criar um hematoma no local para que e junto o movimento circular, farão com que a camada de pele se reorganize.

Tratamento de Dermoabrasão: a dermoabrasão é um lixamento realizado por ponteiras de diamantes com variadas espessuras, atua como um esfoliante na pele, que retirada à camada superficial da pele. No intuito de gerar uma camada de pele nova e mais higratada.

Intradermoterapia: é a aplicação de várias substâncias químicas, realizada por uma agulha. Que melhora o aspecto das estrias, geralmente usado nas estrias mais profundas.

Tratamento a Laser: este tratamento consiste em realizar disparos a laser na estria na região próxima a estria, para auxiliar o processo de recuperação da camada da pele e formação de novas fibras de colágeno, além de que este é o tratamento que apresenta os melhores resultados e mais de retorno mais rápido.

Tratamento de Carboxiterapia: este processo consiste em diversas aplicações de oxigênio (CO²) nas estrias, as aplicações são realizadas direto na estria e através de agulha. O objetivo é aumentar a circulação sanguínea.

Tratamento de Galvanoterapia: este processo utiliza um aparelho que através de estímulos elétricos, que penetram determinadas substancias químicas nas camadas mais profundas da pele, essas substâncias aumentam a elasticidade da pele.

Lembrando que para todos os tratamentos citados, um das recomendações é evitar exposição ao sol durante o tratamento. E também o tratamento apresenta um resultado melhor quanto se utiliza mais de um tratamento ao mesmo.

Antes de iniciar qualquer tratamento procure um especialista para que vai lhe orientar quanto qual o melhor tratamento para o seu tom de pele, tipo de estria, etc.

 

 

 

 

 

 

Comentários

Comentários

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *