Dieta de emagrecimento – como enganar o cérebro para comer menos

Caso você não saiba, existem algumas maneiras bem interessantes de “enganar” o cérebro para comer menos, sem que você sinta fome ao longo do dia. Nesse artigo, confira algumas dicas da dieta de emagrecimento de como enganar o cérebro para comer menos e conseguir emagrecer com uma dieta equilibrada e saudável, ingerindo alimentos importantes para o funcionamento do seu organismo.

Fique longe do açúcar!

Não é nenhuma novidade que ingerir muito doce e alimentos que contenham muito em açúcar refinado engorda. O açúcar tem uma digestão muito rápida e dessa forma o seu corpo logo envia ao seu cérebro a mensagem de que está com fome novamente e que você precisa comer.
Sendo assim, invista nas fibras na hora da sobremesa ou no lanche da tarde. Alimentos ricos em fibras demoram mais para ser digeridos e garantem a sensação de saciedade por mais tempo. Após uma refeição ou no lanche, prefira a goiaba branca, o caqui chocolate ou uma vitamina com aveia, todos ricos em fibras.

Evite ao máximo as massas

Não se trata apenas do apenas o açúcar refinado que é responsável em aumentar a sua sensação de fome. O açúcar derivado das frutas, a frutose, também dá essa sensação ao comer uma fruta ou tomar um suco natural.
A fim de que você consiga passar mais tempo sem fome e “enganar” o seu cérebro, invista nas fibras presentes nas saladas e legumes, além de comer proteína. De digestão mais lenta, estes alimentos vão fazer você comer menos. Entre os alimentos com baixa concentração de açúcar, estão brócolis, berinjela e abobrinha.

Faça atividades físicas

Praticar alguma atividade física é muito saudável e de quebra queima calorias. Contudo se torna importante estabelecer o exercício, quer seja uma caminhada ou quer sejam aulas de musculação e pilates, como uma fonte de prazer.
A maioria das pessoas comem de forma exagerada devido ao fato que a comida é uma fonte de prazer, e os exercícios também podem oferecer essa sensação e contribuir para sua qualidade de vida.
Sem contar que ao se exercitar, o seu corpo usa a gordura armazenada para dar energia e sua fome diminui, especialmente depois do treino.

Mastigue bem os alimentos e devagar

Na refeição necessitamos que seja realizada em um momento de sossego. Se você come enquanto faz outras atividades ou está em um momento de estresse, a tendência é que você coma mais, já que não estará prestando a menor atenção à refeição.

Sendo assim, coma tranquilamente, sem pressa. Mastigue os alimentos com calma, devagar e várias vezes. O seu cérebro necessita de tempo para perceber que o organismo já recebeu o alimento de que necessitava. Se você comer muito rápido vão vai conseguir dar para o seu cérebro o tempo para ele entender que já está satisfeito. Assim como é importante também aprender a saborear bem os alimentos e não fazer da refeição uma atividade automática.

Dieta de emagrecimento – Beba bastante água

Dieta de emagrecimento - como enganar o cérebro para comer menos

Dieta de emagrecimento – como enganar o cérebro para comer menos

Não há como ter dúvidas que a água se faz indispensável para o bom funcionamento do seu organismo e para eliminar as toxinas. Dessa forma, tome ao menos dois litros de água diariamente.
Vale lembrar que os sinais que nosso cérebro nos manda quando está com sede são similares aos enviados quando temos fome. Sendo assim, caso você já tenha se alimentado em menos de três horas, provavelmente esteja apenas com sede.
Beba água e veja se a sensação de fome vai embora ou não. Se mantenha sempre hidratado, pois isso também fará você comer menos. Além do mais a água faz bem para a pele e para todo o seu corpo.

Comentários

Comentários

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.